CARICATURAS AO VIVO EM FESTAS OU EVENTOS PARTICULARES, PROMOCIONAIS OU CORPORATIVOS

CARICATURAS AO VIVO EM FESTAS OU EVENTOS PARTICULARES, PROMOCIONAIS OU CORPORATIVOS
Procedimento: Após a contratação do serviço, o cliente deve efetuar o depósito referente a 50% (agendamento) do valor acordado pelas partes, na seguinte conta: JOAO CARLOS MATIAS DO NASCIMENTO Banco: CAIXA Agência: 3825 Local: ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ Conta: 013 00006663-5 " E ENVIAR O COMPROVANTE PARA O E-MAIL: cartunistacarioca@hotmail.com O valor restante (50%) deverá ser pago em "CASH" na apresentação/entrega do serviço. Caso seja evento de CARICATURAS AO VIVO, os 50% referente à entrega do serviço deverá ser pago "NA CHEGADA CHEGADA AO EVENTO", uma vez que, por conta de experiências anteriores, alguns clientes pagavam em cheque ou pelo fato de eu ter que esperar o final do evento para receber e os contratantes excediam o tempo limite de 04hs. PARA EVENTOS EM OUTROS MUNICÍPIOS/ESTADOS: Caberá ao contratante o pagamento referente ao deslocamento, alimentação e estadia (valores inclusos nos 50% do agendamento).

domingo, 5 de setembro de 2010

Morre cartunista Paul Conrad, vencedor de 3 Pulitzer

...Washington, 4 set -

O cartunista Paul Conrad, conhecido por suas provocativas charges políticas que lhe valeram três Prêmios Pulitzer, morreu hoje aos 86 anos.

Conrad morreu por causas naturais em sua casa em Rancho Palos Verdes rodeado de familiares, informa o jornal californiano "Los Angeles Times".

Poucos foram os políticos famosos que escaparam das sarcásticas charges em preto e branco de Conrad, um dos cartunistas mais proeminentes da segunda metade do século XX.

As caricaturas eram amadas ou odiadas, mas nunca deixavam opiniões indiferentes durante os mais de 50 anos de carreira. Seus trabalhos, de postura liberal, cutucavam políticos e enfureciam os mais conservadores.

Conrad ganhou três Prêmios Pulitzer (1964, 1971 e 1984), uma façanha só igualada por outros dois cartunistas na era posterior à Segunda Guerra Mundial.

Ele trabalhou entre 1964 e 1993 como cartunista-chefe do "Los Angeles Times", além de fazer trabalhos para vários outros periódicos no mundo. Durante mais 30 anos, esteve vinculado ao diário "The Times".

Conrad deixa uma esposa, Kay King, ex-jornalista do jornal "The Denver Post", e quatro filhos, dois homens e duas mulheres.

Paul Conrad retratou vários presidentes norte americanos, de Harry Truman a George Bush, com um estilo visual persistente e agressivo.

David Conrad disse que o pai considerava o seu feito mais digno de orgulho o facto de aparecer na lista de inimigos do antigo presidente Richard Nixon.

2 comentários:

Dimaz Restivo disse...

Conrad despertou em mim a autêntica charge...

Trabalho insuperável!

abr
dimaz

Mattias disse...

Salve Dimaz!

Que elegância nos traços dele né?
E a peculiaridade do nanquim carregado nas imagens, dando o contraponto à sutileza das linhas.
Sem falar nas idéias fenomenais.

Gosto muito dos trabalhos dele e com certeza, ainda beberei muito dessa fonte.

Que bela escolha a tua em tê-lo como referencial.

Abraço grande, obrigado pelo teu comentário e pela tua visita que sempre me deixam honrado.