CARICATURAS AO VIVO EM FESTAS OU EVENTOS PARTICULARES, PROMOCIONAIS OU CORPORATIVOS

CARICATURAS AO VIVO EM FESTAS OU EVENTOS PARTICULARES, PROMOCIONAIS OU CORPORATIVOS
Procedimento: Após a contratação do serviço, o cliente deve efetuar o depósito referente a 50% (agendamento) do valor acordado pelas partes, na seguinte conta: JOAO CARLOS MATIAS DO NASCIMENTO Banco: CAIXA Agência: 3825 Local: ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ Conta: 013 00006663-5 " E ENVIAR O COMPROVANTE PARA O E-MAIL: cartunistacarioca@hotmail.com O valor restante (50%) deverá ser pago em "CASH" na apresentação/entrega do serviço. Caso seja evento de CARICATURAS AO VIVO, os 50% referente à entrega do serviço deverá ser pago "NA CHEGADA CHEGADA AO EVENTO", uma vez que, por conta de experiências anteriores, alguns clientes pagavam em cheque ou pelo fato de eu ter que esperar o final do evento para receber e os contratantes excediam o tempo limite de 04hs. PARA EVENTOS EM OUTROS MUNICÍPIOS/ESTADOS: Caberá ao contratante o pagamento referente ao deslocamento, alimentação e estadia (valores inclusos nos 50% do agendamento).

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

O TEMPO PASSA...

...

Hoje, logo pela parte da manhã, quando verificava o Orkut, observando as atualizações, me deparei com algumas imagens que me serviram de passaporte para a minha base profissional. O mestre Zé Graúna, colocou em um de seus álbuns, estas imagens que nem mesmo eu tinha.
Como eu já havia postado aqui anteriormente, o Zé tem material sobre desenho de humor que se houvesse a possibilidade de elaborar um livro, seria de fundamental contribuição para as pesquisas de profissionais ou amadores. (Se alguma instituição ou grupo de pessoas tiverem condições e interesse em possibilitar a edição de um livro com os materiais do Zé Grauna, vale muito à pena).

Dentre as imagens, a página do Correio do Senac, um informativo institucional, que fez uma matéria sobre a conquista da minha primeira premiação, em 1993, no Salão Carioca de Humor dàquele ano.
Eu era um jovem cheio de sonhos e aspirações, com muito mais cabelos, com menos quilos (muito menos!). Hoje, os cabelos já não são tão volumosos, os quilos viraram arrobas, mas os sonhos e as aspirações são exatamente iguais. E é exatamente isso que me motiva compartilhar e vencer desafios a cada novo despertar.

Em seguida, a reprodução do trabalho que me rendeu a premiação. O contexto estava bom, pois dei ao trabalho o título de "Remediável" e queria evidenciar que as dores de cabeça do ex-presidente Itamar Franco devido aos problemas apresentados pelo Ministério da Saúde se resolveria com o dinheiro. Mas fora o contexto, o trabalho estava muito ruim... apresentava inúmeros erros de harmonia, movimento e sobreposição de hachuras. A mão do ex-presidente Itamar Franco parecia ter o aspecto de atrofiada (mas era eu quem tinha atrofia técnica em relação as desenho de mãos e pés) e a apresentação final era muito ruim.
Hoje, caso eu julgasse este mesmo trabalho, provavelmente sequer o selecionaria. Mas os jurados Jaguar, Ique e Maurício Sette (cenógrafo e artista plástico já falecido) entenderam que o trabalho estava à contento e me atribuiram a premiação.

Para finalizar, uma foto feita pelo mestre Zé Grauna, durante a cerimônia de abertura e premiação, no Salão de Humor Carioca de 1993. O Jaguar não mudou absolutamente nada, mas eu... quanta diferença! Risos

Boas recordações.
Valeu Zé!

Só para constar:
No início, eu desenhava as pessoas com as mãos escondidas, geralmente para tras do corpo ou nos bolsos. Depois de muito tempo que começei a observar, através dos trabalhos do Dalcio e do Rossi, como as mãos dão um charme na apresentação final das obras.
Em função disso, passei mais de um ano estudando figura humana, expressão corporal e facial, além de me dedicar muito aos estudos (separadamente) de mãos e pés.
Entendo hoje que grande parte dos cartunistas (alguns veteranos e muitos iniciantes) apresentem deficiência na expressão corporal e especialmente no que diz respeito às mãos. Vale muito à pena, para quem quer trilhar o caminho do desenho de humor, estudar bastante figura humana, expressão facial, expressão corporal, mãos e pés já que a proposta é utilizada em todas as vertentes no universo gráfico do desenho de humor.

Abraços a todos

7 comentários:

Dodô disse...

Que legal cara, é bom ver nossos antigos trabalhos e perceber nossa evolução. Por coinscidência, 1993, quando tinha 11 anos, foi o ano em que fiz minha primeira caricatura que ficou realmente parecida, e então comecei a me aventurar nesse mundo.

Só que é vc mesmo nessas fotos? rssrsrsrrs...

Abração e td de bom!!!

arte do marchini disse...

Grande Mattias

seu link tá la no meu blog

abraços mestre


MArchini

Eder Galdino disse...

Muito legal esse texto Mattias, realmente interessante ver os trabalhos antigos né!
Ao contrário do q vc disse, eu não achei seu trabalho ruim não, apesar de simples, esta muito bem desenhado e passou a mensagem de forma clara.
E por coincidencia tbm, meu primeiro(único) prêmio tbm veio com 20 anos, espero um dia poder ter metade dos prêmios que vc tem rs

Grande abraço!

Silvério disse...

Mattias,
É disso que eu falo com as pessoas, a arte é imortal e nos presentei com esses episódios fantásticos que podem acontecer hoje ou daqui a 20 (vinte) anos por que o trabalho (desenho) fica, gostei de ver a estica que vc se vestiu.ABRÇS....

Mattias disse...

Salve Dodô!

Que bacana a carica do Ferreira Gullar hein! Gostei muito.

Sou eu mesmo nas fotos. Risos
Parece meu filho, né?

A ação do tempo age em tudo. Graças à Deus, as perdas em relação ao corpo foram proporcionais aos ganhos obtidos pelo intelecto.
Você evoluiu mesmo. Mas tem alguns camaradas conhecidos por nós, que estagnaram no tempo.
Bom para nós que nos propusemos crescer.

Abração

Mattias disse...

Salve Marchinni!

Que bom receber teu comentário. Fico feliz com a adesão do meu link no teu blog e com a tua visita aqui é claro!

Grande abraço

Mattias disse...

Grande Eder!

Você é um privilegiado. Quando começei, aqui no Rio de Janeiro tinha um cartunista que era relativamente premiado. O camarada recebia umas revistas e uns contatos e não abria para ninguém. Só que descobri a fonte e começei a enviar meus trabalhos. À medida que mandava, ia propagando para outros e aí começamos a ganhar algumas premiações.
Hoje, com a quantidade de salões e as informações ferivilhando na internet. Com a qualidade dos teus trabalhos,você será sufocado com tantas premiações. E que sejam muito mais!
Se com 20 anos eu tivesse a qualidade gráfica que você tem, hoje, provavelmente eu teria muito mais premiações.

O estopim já foi aceso, agora é só explodir.
Abraço grande.