CARICATURAS AO VIVO EM FESTAS OU EVENTOS PARTICULARES, PROMOCIONAIS OU CORPORATIVOS

CARICATURAS AO VIVO EM FESTAS OU EVENTOS PARTICULARES, PROMOCIONAIS OU CORPORATIVOS
Procedimento: Após a contratação do serviço, o cliente deve efetuar o depósito referente a 50% (agendamento) do valor acordado pelas partes, na seguinte conta: JOAO CARLOS MATIAS DO NASCIMENTO Banco: CAIXA Agência: 3825 Local: ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ Conta: 013 00006663-5 " E ENVIAR O COMPROVANTE PARA O E-MAIL: cartunistacarioca@hotmail.com O valor restante (50%) deverá ser pago em "CASH" na apresentação/entrega do serviço. Caso seja evento de CARICATURAS AO VIVO, os 50% referente à entrega do serviço deverá ser pago "NA CHEGADA CHEGADA AO EVENTO", uma vez que, por conta de experiências anteriores, alguns clientes pagavam em cheque ou pelo fato de eu ter que esperar o final do evento para receber e os contratantes excediam o tempo limite de 04hs. PARA EVENTOS EM OUTROS MUNICÍPIOS/ESTADOS: Caberá ao contratante o pagamento referente ao deslocamento, alimentação e estadia (valores inclusos nos 50% do agendamento).

sexta-feira, 30 de julho de 2010

MEDO DE QUÊ?

...
Conversa de bastidores...
Fulano de tal: _ Não gosto do Albert Piaui à frente do Salão Internacional do Piauí.
Por qual motivo, não assumem a postura de insatisfação e promovem uma renovação?

Por qual motivo, quando o companheiro Jota A. elaborou àquele texto sobre os acontecimentos lá na sua cidade, estas mesmas pessoas, que fazem questão de falar nos bastidores de suas insatisfações, não fizeram da postagem do Jota A., uma possibilidade de demosntrar que o Jota A. não estava sozinho? Por qual motivo não falaram de seus descontentamentos e expuseram seus pontos de vista?

Aí somente o Jota A. se expõe, os demais ficam resmungando às escondidas e depois, caso as reivindicações do Jota A. tenha êxito, estes mesmos camaradas que agem como sanguessugas no escuro, surgirão para exercitarem suas aptidões parasitais.

O papo é o mesmo de sempre: "QUERO FALAR NÃO... ISSO PODE ME PREJUDICAR"
...

Estas pessoas que vocês presumem poder preudicá-los, alguma vez já fizeram algo por você? Então mudem seus argumentos ou suas atitudes.

Se vocês realmente acreditam que o que o fato de vocês explicitarem seus pontos de vista sobre algo no qual acreditam e participam - ou se dizem participantes - e não fazem por receio de retaliações, o que vocês são afinal?

Se não aceitarem mais seus trabalhos nos nos salões, vão fazer caricaturas em eventos, dar oficinas, fazer serviços para clientes e criem alternativas onde exista a valorização de vocês como profissionais.
Querem continuar como reféns suas aspirações políticas ou dos possíveis escambos, continuem...
mas não reclamem, já que é por opção.

É isso!

6 comentários:

Silvério disse...

Mattias,
Não se pode ter tudo, uns tem talento e até acredito que seja muito talento, agora para ter talento, coragem, vontade e principalmente brio são para poucos como você e como você citou e acredito muito NO QUE VC DIZ aqui o MEU IRMÃO Jota A, a maioria em todos os seguimentos são uma cambada de frouxos e tb passo por isso aqui no trabalho. Mais como diz a celebre frase "NADA SUBSTITUI O TALENTO". ABRÇS.

- Clayton Rabelo - disse...

To longe do Piauí, mas achei interessante o tema, e serve para qualquer salão em qualquer parte do Brasil e do mundo. Vamos deixar de resmungar cambada, se têem algo a dizerem, vamos falar, sem medo de represálias, pois gostoso é quando os caras mesmo n gostando de sua opinião, vêem em seu trabalho algo genial, e dizem assim... "não queriamos, mas vamos ter que seleionar esse FDP, rsrsrsrsr"

Mattias disse...

Salve Silvério!
Parece que só mudam as instituições, mas o ser humano, quase sempre age da mesma forma. Os covardes serão covardes sempre, os políticos... políticos sempre. E os fortes, fortes sempre!
Abraço grande

Mattias disse...

Salve Clayton!

Pois é rapaz... Tem gente por aí que prefere passar a manteiga da hipocrisia no corpo para se tornar mais "digerível". Eu prefiro estar com bastante farinha e pimenta, para arranhar na entrada e arder na saída.

Abraço grande!

Rucke disse...

O Albert foi o criador do salão, que já teve seus bons tempos. Praticamente sozinho,o cartunista ainda tenta, sabe lá Deus como, mantê-lo vivo. Mudanças de governo e interesses políticos são sempre prejudiciais aos salões.
A pergunta que fica é: O salão existiria sem o Albert Piauí?

Mattias disse...

Salve Rucke!
Sinceramente? Acredito que viveria mais sem ele do que com ele.
O que te digo é com base em relatos de companheiros nossos, que dizem não mais acreditarem nas propostas desenvolvidas pelo Albert.
Por estes dias, fui abordado por uma pessoa do Piauí, que, dentre 10 perguntas sobre a criação de uma proposta voltada para o desenho de humor, 9 delas eram relacionadas à quantidade de dinheiro que ele poderia ganhar.
Infelizmente, o romantismo ideológico que surge juntamente com qualquer salão, com o passar dos anos, dão lugar às negociações dàqueles que imaginam ter encontrado o pote no final do arco-íris.
Mandei e-mail para o Albert, amigos do Piauí já tentaram entrar em contato com ele e não receberam qualquer resposta.
Penso que, tanto o Salão Internacional de Humor do Piauí, quanto alguns outros, mal gerenciados ou com vícios políticos, devem passar por reformulações, para que continuem a existir.

Abraço grande Rucke! Fiquei feliz por tua exposição de opinião aqui no blog.